LOIRA TRANSA NO ELEVADOR

LOIRA TRANSA NO ELEVADOR
Eu voltava após a balada de uma sexta-feira a noite, já meio bêbada e feliz, entrei no elevador do meu prédio e quem vejo: meu vizinho, mto gato, um tanto mais velho que eu. Eu usava mini-saia jeans, sapatinho baixo tipo daqueles de tecido, bem confortável sabe, e usava também um top curtinho.

Entrei no elevador e quando quase a porta se fechava ele entrou, disse oi e viu que eu estava a rir, cair pelas paredes do elevador e estava meio bêbada.
Ele me olhava como querendo fazer alguma coisa e percebí que me comia com os olhos…

Moro no oitavo andar e ele no décimo, ele é um gatinho, mas sempre nunca passou nada além de um oi e sorrisinhos…..

Bem…começou assim…eu caindo pelas paredes do elevador caí por cima dele e ele me segurou e disse; é…alguem está feliz! e eu disse: mega feliz!…..então ele me segurou e sem querer, mas acho que querendo passou a mão nos meus seios e eu estava excitada e de bicos durinhos. Após ele fazer isso, eu coloquei meus braços em volta do pescoço dele e o beijei, beijo molhadinho longo e ele retribuiu…..Depois disso passei minha mão no pau dele e percebí que estava duro, e eu disse; ahhh…eu vou cuidar disso, e tirei o pau da calça dele abrindo o zíper abaixando as calças e a cueca dele. Nossa…era grande e grosso, estava uma tora de duro, pisquei o olho pra ele, dei cuspidinhas e abocanhei a chupar com vontade. Passava minha língua de cima abaixo no pau dele e as bolas do saco dele coloquei na minha boca. Depois levantei meu top e não usava soutien naquela noite porque marcaria o top e peguei na mão dele e coloquei nos meus seios e disse pra chupar. Ele passou a mão em cada um dos meus seios, depois a lingua dele e pedí para dar mordiscadas de leve nos biquinhos dos meus seios, sem machucar…..Eu estava super excitada e com minha bucetinha molhadinha querendo aquele pau dentro de mim, mau eu podia aguentar…..Levantei minha saia e abaixei minha calcinha, passei o dedinho no meu grelo e coloquei no nariz dele para ele sentir o cheirinho da minha bucetinha e com as mãos na cabeça dele fui abaixando ele até ficar com o rosto na minha bucetinha. Eu encostada na parede do elevador de saia levantada e top também levantado ele abaixado se colocou a chupar minha bucetinha ja bem molhadinha e cheia de tesão, querendo dar para ele….Pedí que ele colocasse o dedinho dele e rodasse dentro da minha bucetinha……quase me levou ao delírio, mas o melhor estava por vir…Ele se levanta e coloca aquele pau grosso e grande que parecia estar sem mais aguentar e enfiou, foi metendo na minha bucetinha, me levando ao delírio……Enquanto ele dava estocadas na minha bucetinha e eu gemia e com gritinhos, ele chupava meus seios, de biquinhos durinhos e também ele beijava minha boca lingua com lingua e beijava meu pescoço…Antes de terminar eu falei no ouvido dele: voce quer meu cuzinho??? e então de uma hora para outra ele me vira, eu fico de 4 com as mãos apaoiadas no elevador e ele deu tapinhas na minha bundinha e eu disse; ai ai ai……..mete mete mete…..e então ele meteu e dava estocadas com força e eu gemia alto…..com medo com que outros vizinhos e vizinhas pudessem escutar…mas eram mais de 4 horas da manhã, de sexta-feira para sábado, tudo estava quieto e ao mesmo tempo eu parecia não me importar com o que outros pudessem ouvir e ver, nem muito menos a câmera do elevador pudesse gravar tudo…..eu gemia alto e gritava para ele parar e dizia que estava doendo, mas ele parecia querer mais e apesar de dizer para parar eu queria que ele metesse mais fundo e com mais força, me levasse ao delírio…..e quando ele estava para gozar e ele tirou o pau dele do meu cuzinho, me puxou pelos meus cabelos me virando, e enfiou tudo na minha boca até a garganta sentir o pau dele e eu chupava e chupava e quando ele gozou, foi porra na minha lingua, que é grande, e nos meus seios, e no meu rosto e cabelo, depois eu passava o dedinho para engolir até a ultima gota e estava sorrindo de felicidade……..eu estava a me rolar pelas paredes do elevador parado no meu andar, 1 hora dentro daquele elevador e ainda bem que pela hora ninguem entrou…..Beijei ele, e disse no ouvido dele: Me liga, toca a campainha do meu apê, ele tirou uma caneta do bolso e eu peguei e escrevi meu fone na mão dele, peguei minha calcinha, abrí a porta, dei mais um beijinho nele e saí do elevador.

Fui dormir no meu apê, mega mega mega feliz…..nem aguentei ir tomar banho antes, a porra escorrendo e eu meladinha após passar o dedinho e chupar e engolir o que eu podia, deixei para tomar bano depois que acordasse e caí daquele jeito com aquela roupa na cama…acho que se ele tivesse por alí na minha cama ainda poderia se aproveitar de mim ainda mais e eu mal me lembraria depois mas adoraria…. !!!! *___* *____* *____*

Bir cevap yazın

E-posta hesabınız yayımlanmayacak. Gerekli alanlar * ile işaretlenmişlerdir